7 qualidades que todo Sushiman deve ter

COMPARTILHE
sushiman
sushiman

Um dos ramos que mais cresce no território nacional e no exterior é o da gastronomia. Entre as várias alternativas lucrativas e maravilhosas, uma chama a atenção dos brasileiros: a culinária japonesa. A partir daí, muitos apaixonados pela comida nipônica desenvolvem a vontade de preparar os seus próprios pratos em casa. Ou, algumas vezes, chegam a considerar esse posto de sushiman como uma forma de ganhar dinheiro.

No entanto, aprender a fazer sushi e se profissionalizar neste segmento fornece desafios, que demanda, força de vontade, resiliência e gosto pela função.

Para aprender a ser um sushiman de alto nível, tanto para surpreender as visitas de amigos e familiares, quanto os possíveis clientes, é indispensável entender que, quando se refere a gastronomia oriental, estamos tratando de receitas sensacionais e que despertam o interesse pela aparência e o sabor.

Por que ser um bom sushiman?

O processo de elaboração das receitas vai demandar algum investimento no aprimoramento. Não será somente colocando a mão na massa que os seus sushis vão passar a melhorar gradativamente. Isso porque fazer esse prato também exige estudo sobre a cultura oriental.

Inúmeros sushimans afirmam que mais relevante que o interesse pela preparação, é o interesse pelo sushi propriamente dito. Por isso, é indispensável conhecer profundamente as particularidades dos ingredientes.

Sendo assim, é fundamental compreender que a gastronomia japonesa abrange técnicas que requerem tanto a criatividade quanto a capacidade no manuseio. O pontapé inicial é combinar o conhecimento teórico, a prática e o estudo a respeito das tradições japonesas.

Só sushiman? É verdade que não existem “sushiwomen”?

Por muito tempo, se transmitiu a ideia que as mulheres não poderiam ser responsáveis pela preparação de sushis por uma questão fisiológica. Durante o período fértil, o corpo feminino ganharia alguns décimos de temperatura e essa elevação complicaria o manuseio do sushi, que, por ser um elemento muito delicado poderia ter variações na sua excelência e sabor.

De acordo com reportagem da Revista Sociedade da Mesa, isso tem muito a ver com o conservadorismo da sociedade japonesa. E, sem sombra de dúvida, este seria um dos motivos para espalhar esse mito, sendo uma maneira de limitar o ingresso das mulheres neste ramo predominantemente masculino.

Para acabar com essa ideia sem qualquer fundamentação, é só avaliar cautelosamente as explicações. A justificativa ocorre pela influência da temperatura do corpo, algo que pode ser descartado. Inicialmente, não é possível avaliar a temperatura contínua a partir do sexo.

Além disso, existe o fator técnico, que deve nortear todas as decisões de contratação no Brasil e no Japão, visando a elaboração de sushis de qualidades seja por sushiwomen, seja por sushiman.

7 qualidades para se tornar um bom sushiman

sushiman
Quais são as principais características de um sushiman?

Quanto maior for o seu interesse pela cultura e culinária japonesa, mais naturalmente se aprenderá a se portar como um sushiman de prestígio. Lembrando sempre que fazer o sushi auxilia o aprimoramento da paciência e também aguça a sua atenção aos detalhes.

Quer se tornar um bom sushiman? Confira 7 dicas essenciais para você começar nesta função e mandar muito bem!

1 – Domínio da culinária e das tradições japonesas

Como citado anteriormente, o começo de tudo é cair de cabeça nas tradições e na gastronomia japonesa, a fim de conhecer adequadamente cada ingrediente e os hábitos milenares que os nipônicos possuem ao cozinhar. Esse é o primeiro passo para traçar uma trajetória de sucesso como sushiman.

2 – Acessórios de qualidade

Um bom sushiman sabe a necessidade de escolher com exatidão cada um dos elementos usados para preparar o sushi. Sendo assim, a dica é procurar por utensílios de alto nível, como, por exemplo, as facas, as tábuas e até recipientes nos quais os ingredientes serão armazenados.

Essa atenção vai fazer toda a diferença na forma como você vai levar a receita até a mesa e, com certeza, as pessoas também vão notar esse esforço na hora de degustar. Afinal, o seu talento tem muito mais chance de transparecer e ser observado quando utilizar as ferramentas apropriadas.

3 – Conhecimento dos ingredientes

O conhecimento dos ingredientes nos mínimos detalhes facilita ainda mais a forma de preparação. Questões como a textura e a temperatura dos ingredientes são essenciais para a obtenção de um resultado satisfatório e qualquer sushiman necessita adquirir as noções mínimas a respeito de sabores e combinações.

4 – Domínio das técnicas

Obviamente, estudo e conhecimento sempre são fundamentais para atingir o sucesso. Só que um sushiman também precisa saber como tirar as ideias da cabeça e colocar a mão devidamente na massa, ou melhor, no sushi. O profissional valoriza a possibilidade de praticar e melhorar sempre o seu desempenho, alcançando a perfeição nas técnicas japonesas.

5 – Reconhecimento dos melhores peixes

O quão fresco o peixe se encontra é uma questão determinante para a elaboração de receitas japonesas impecáveis. Se ele não foi comprado no mesmo dia, tem de ser conservado em um espaço correto.

No momento de fazer a limpeza, é indispensável ter atenção redobrada com o manuseio do corte. Qualquer errinho, por menor que seja, pode comprometer a sua receita e fazer com que o sushi tenha pouca resistência. E, ninguém gostaria de comer com um sushi mole, né?

6 – Saber o período de manuseio dos ingredientes

Vale lembrar que o sushi é realizado em contato direto com as mãos. Por se tratar de uma receita bem delicada, esse procedimento demanda exatidão, cautela e competência.

O período de manuseio necessita ser breve, uma vez que a temperatura de suas mãos pode influenciar a excelência dos ingredientes. Faça o seu sushi com o peixe ainda geladinho e o arroz na temperatura morna.

7 – Descobrimento do modo correto de refrigeração

sushiman
Quer se tornar um sushiman?

O cuidado necessita ser enorme no momento da refrigeração, tanto dos ingredientes, quanto dos sushis já feitos. Coloque todos os elementos em locais bem refrigerados, e no instante de levar aos clientes e/ou consumidos, a refeição deve ocorrer prontamente para que a experiência seja incrível!

Gostou destas dicas para ser um sushiman de qualidade? Esse é um processo que leva algum tempo, então, você pode contar agora mesmo com o serviço de alto nível da equipe do Kaza Sushi para ter maravilhas da gastronomia japonesa a sua disposição hoje e sempre! Afinal, todo dia é dia de saborear receitas saudáveis e deliciosas, né?

 

COMPARTILHE